Assistência farmacêutica e/ou cuidado farmacêutico aplicados ao usuário surdo: Revisão de escopo

RESUMO

Introdução: As pessoas surdas são uma população que historicamente vem enfrentando muitos obstáculos nos cuidados em saúde devido à sua necessidade de recursos de comunicação diferenciada; existindo diferentes tipos de linguagem de sinais para diferentes idiomas. Objetivo: Apresentar um mapeamento sobre a assistência farmacêutica e/ou cuidado farmacêutico aplicados a população surda; assim como, as estratégias e/ou técnicas utilizadas no processo do cuidado. Metodologia: Trata-se de uma Revisão de Escopo com recorte temporal entre 2019 e 2023. Resultado: Dos 32 artigos recuperados, 1 artigo atendeu aos critérios de inclusão. Conclusão: Não foram encontrados registros robustos sobre técnicas e estratégias que proporcionem uma comunicação efetiva com o usuário surdos e com deficiência auditiva utilizadas por profissional farmacêutico.

Palavras-chave: Surdez; Perda auditiva; Língua de sinais; Comunicação não verbal; Cuidado farmacêutico.

Título: Profilaxia Pré-Exposição ao HIV: Revisão de escopo

RESUMO

Introdução: A falta de oferta de profilaxia pré-exposição ao HIV em unidades dispensadoras de medicamentos, faz com que populações elegíveis ao uso da profilaxia sejam privadas de acesso, contribuindo para o aumento do risco de adquirir o vírus HIV. Objetivo: Mapear potenciais estratégias de serviços farmacêuticos e/ou cuidado farmacêutico para a Profilaxia Pré-exposição ao Vírus da Imunodeficiência Humana. Metodologia: Revisão de escopo guiada pelo acrônimo PCC, onde Participantes: Farmacêuticos; Conceito: Profilaxia pré-exposição ao Vírus da Imunodeficiência Humana; Contexto: Atenção de Média Complexidade à Saúde. Resultados: Há registros de que os serviços farmacêuticos e/ou cuidado farmacêutico para a Profilaxia Pré-exposição ao Vírus da Imunodeficiência Humana reduzem novos casos de HIV como a oferta de PrEP por profissionais farmacêuticos. Conclusão: Os achados evidenciam que os serviços farmacêuticos e/ou cuidado farmacêutico para a Profilaxia Pré-exposição ao Vírus da Imunodeficiência Humana são robustos.

Palavras-chave:
Imunodeficiência humana; Profilaxia pré-exposição; Assistência farmacêutica; Serviços farmacêuticos; Cuidado farmacêutico.

Título: O papel do farmacêutico na hemoterapia e hemovigilância: Revisão de escopo

RESUMO

O uso de sangue e seus componentes são essenciais à vida. A hemovigilância, a partir do ato transfusional, garante a segurança do doador e do receptor. Todo o processo para a hemoterapia está regulamentado. A legislação vigente trata do arcabouço legal para um processo de transfusão sanguínea com qualidade e segurança. Este artigo tem como objetivo mapear o papel do farmacêutico no ato transfusional e apresentar estratégias de cuidado farmacêutico. Tratase de uma revisão de escopo com recorte temporal do ano de 2018 a 2023, com publicações inseridas em quaisquer cenários que se desenvolvem ação em saúde. De 15 artigos recuperados, apenas 1 atendeu aos critérios de inclusão. O estudo evidencia a necessidade e importância do profissional farmacêutico estar inserido no contexto da hemoterapia, assim como a sua integração multiprofissional para tomada de decisões.

Palavras-chave: Hemoterapia; Hemovigilância; Assistência farmacêutica; Serviços farmacêuticos; Farmacêuticos.

Título: Análise de metanálises e ensaios clínicos relativos à utilização de estatinas em doenças cardiovasculares

RESUMO

Objetivo: Buscar evidências para a utilização das estatinas em doenças cardiovasculares e seus custos econômicos no contexto do Sistema Único de Saúde. Método: Trata-se de uma pesquisa exploratória, bibliográfica, de natureza qualitativa, realizada por meio de coleta de dados a partir da revisão sistemática. Resultados: Evidenciou-se que o tratamento com estatinas tem demonstrado ser custo-efetivo na prevenção de doenças cardiovasculares para pacientes com alto risco, quando da redução de desfechos a um baixo custo, especialmente em prevenção secundária. Conclusão: Infere-se a necessidade de se rever as diretrizes clínicas quanto à aplicação do conceito de custo-efetividade e o financiamento das estatinas do componente básico e especializado (alto custo) para a utilização da sinvastatina e da atorvastatina e suas relações com a prevenção primária e secundária de doenças cardiovasculares.

Palavras-chave: Inibidores de Hidroximetilglutaril-CoA Redutases; Doenças Cardiovasculares; Farmacoeconomia.

Título: Avaliação de prescrições de medicamentos à luz dos critérios de beers-fick no centro de atenção especializada do idoso de Belém, Pará

RESUMO

Introdução: A Lista de Beers-Fick é a ferramenta mais utilizada com o objetivo de prevenir prescrições de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos, sendo utilizados em instituições de cuidados clínicos geriátricos. Objetivo: Investigar o perfil de prescrição de medicamentos à luz dos critérios de Beers-Fick em idosos usuários do Centro de Atenção Especializada do Idoso de Belém, Pará. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, prospectivo, exploratório, realizado por meio da observação participativa,(9) entre setembro de 2016 a agosto de 2017. Resultados: 13 fármacos que se enquadram nos critérios de Beers-Fick compondo a lista de medicamentos padronizados para uso no Centro de Atenção Especializada do Idoso de Belém, Pará. Estes 13 medicamentos apresentaram um custo de aquisição de R$5.512,20 entre setembro de 2016 e agosto de 2017. Conclusão: Ao avaliar os custos diretos de um mês de tratamento completo, constatou-se que os 31 idosos necessitaram de investimentos da ordem de R$7.771,06, sendo R$701,94 com medicamentos inapropriados segundo os critérios de Beers-Fick, uma média de R$22,64 por utente.

Palavras-chave: Saúde do Idoso. Assistência Farmacêutica. Lista de Beers-Fick. Erros de Prescrição. Medicamentos Potencialmente Inapropriados.

Título: Community-Level Pharmaceutical Interventions to Reduce the Risks of Polypharmacy in the Elderly: Overview of Systematic Reviews and Economic Evaluations

ABSTRACT

Background: Patients over 65 years of age taking multiple medications face several risks, and pharmaceutical interventions can be useful to improve quality of care and reduce those risks. However, there is still no consensus on the effectiveness of these interventions aimed at promoting changes in clinical, epidemiological, economic, and humanistic outcomes for various service delivery, organizational, financial, and implementation-based interventions. The objective of this overview of systematic reviews was to summarize evidence on the effectiveness of community-level pharmaceutical interventions to reduce the risks associated with polypharmacy in the population over 65 years of age. Method: This overview used a previously described protocol to search for systematic review articles, with and without meta-analysis, and economic evaluations, without any language or time restrictions, including articles published up to May 2018. The following databases were searched: the Cochrane Library, Epistemonikos, Health Evidence, Health Systems Evidence, Virtual Health Library, and Google Scholar. The basic search terms used were “elderly,” “polypharmacy,” and “pharmaceutical interventions.” The findings for outcomes of interest were categorized using a taxonomy for health policies and systems. Equity-related questions were also investigated. The studies were evaluated for methodological quality and produced a narrative synthesis. Results: A total of 642 records were retrieved: 50 from Health Evidence, 197 from Epistemonikos, 194 from Cochrane, 116 from Health Systems Evidence, and 85 from the Virtual Health Library. Of these, 16 articles were selected: 1 overview of systematic reviews, 12 systematic reviews, and 3 economic evaluations. There is evidence of improvement in clinical, epidemiological, humanistic, and economic outcomes for various types of community-level pharmaceutical interventions, but differences in observed outcomes may be due to study designs, primary study sample sizes, risk of bias, difficulty in aggregating data, heterogeneity of indicators and quality of evidence included in the systematic reviews that were assessed. It is necessary to optimize the methodological designs of future primary and secondary studies. Conclusion: Community-level pharmaceutical interventions can improve various clinical, epidemiological, humanistic and economic outcomes and potentially reduce risks associated with polypharmacy in the elderly population.

Keywords: elderly, polypharmacy, pharmaceutical interventions, overview, systematic review

Título: Cuidado farmacêutico em utentes idosos portadores de asma atendidos na farmácia ambulatorial do Hospital Universitário João de Barros Barreto, Belém, Pará

RESUMO

Objetivo: Proporcionar o cuidado farmacêutico por meio de serviços farmacêuticos voltados aos utentes idosos portadores de asma atendidos em farmácia ambulatorial. Método: Estudo de caráter intervencional, transversal e prospectivo, realizado no período de julho de 2019 a dezembro de 2019. Durante as consultas farmacêuticas coletaram-se dados farmacoterapêuticos, identificou-se os problemas relacionados a medicamentos e realizaram-se serviços farmacêuticos por meio de intervenções organizacionais e educacionais. Resultados: 26 utentes finalizaram o acompanhamento, a maioria do sexo feminino (84,62%), residentes em Belém (84,62%), escolaridade ensino médio (46,15%), ocupação aposentado (69,23%). Mais da metade (53,85%) estava com sobrepeso, (61,53%) não praticava atividade física. As comorbidades mais prevalentes foram hipertensão (65,41%) e dislipidemias (42,36%). Os Problemas Relacionados aos Medicamentos mais prevalentes foram o problema de saúde insuficientemente tratado (20,28%), e medicamentos administrados incorretamente (17,39%). Após as diferentes intervenções observou-se melhora da adesão ao tratamento medicamentoso (p<0,01), maior controle da doença (p<0,01), melhor função pulmonar (p<0,01) e melhoria na qualidade de vida (p<0,01). Conclusão: A prática do cuidado farmacêutico realizado por meio de serviços farmacêuticos diretamente destinados aos utentes idosos com asma melhorou significativamente os desfechos clínicos e humanísticos nessa população.

Palavras-chave: Idosos; Asma; Farmácia; Cuidado farmacêutico; Intervenções farmacêuticas.

Título: Cuidado farmacêutico para utentes de farmácia comunitária privada: Revisão sistemática

RESUMO

Introdução: A expansão das atividades clínicas do farmacêutico ocorreu, em parte, como resposta ao fenômeno da transição demográfica e epidemiológica observado na sociedade. Objetivo: Sintetizar evidências sobre intervenções farmacêuticas que proporciona aos utentes de farmácia comunitária privada tratamentos eficientes e com a melhoria da qualidade de vida. Método: Revisão Sistemática e síntese narrativa. Resultado: Observou-se redução da prescrição de medicamentos potencialmente inapropriados, melhoria do uso de medicamentos apropriados e seguros, melhoria da adesão ao tratamento, redução de eventos adversos a medicamentos, de interações medicamentos com medicamentos e de resultados negativos em saúde associados a medicamentos, redução de consultas ambulatoriais, de visitas a serviços de urgências e emergências, de internações hospitalares, de morbidade, mortalidade, melhoria do estado de saúde, da qualidade de vida e redução de custos de medicamentos. Conclusão: Os achados neste estudo quanto as intervenções farmacêuticas (profissionais, organizacionais, financeiras, governamentais e multifacetadas) permitem afirmar que há evidências quanto aos desfechos clínicos, de acesso e equidade aos serviços, epidemiológicos, humanísticos e econômicos.

Palavras-chave: Revisão sistemática, Farmácia Comunitária, Assistência Farmacêutica, Intervenções farmacêuticas, Cuidado Farmacêutico.

Título: Cumprimento do protocolo clínico para atendimento de usuários de análogos de insulina em portadores de Diabetes Mellitus via judicial em Belém, Pará

RESUMO

Objetivo: Avaliar o cumprimento dos critérios estabelecidos para o atendimento via judicial de análogos de insulina para utentes portadores de Diabetes mellitus do Centro de Especialidades Médico Odontológica (CEMO), em Belém, Pará. Método: Trata-se de um estudo de caso, realizado entre agosto de 2018 e junho de 2019, utilizando-se de amostragem de conveniência, tendo como critérios de inclusão, utentes com Diabetes mellitus na faixa etária entre 50 e 59 anos, de ambos os sexos, em uso de insulinas análogas lispro (Humalog®), asparte (NovoRapid®), glulisina (Lispro®), glargina (Lantus®), detemir (Levemir®), degludeca (Tresiba®), sob demanda judicial. Resultados: Evidenciou-se o cumprimento dos critérios de inclusão; porém, não dos critérios para a manutenção e para a exclusão do programa de acesso a insulinas análogas sob demanda judicial. Conclusão: Infere-se que os critérios estabelecidos para o atendimento via judicial de análogos de insulina para utentes portadores de Diabetes mellitus no Centro de Especialidades Médico Odontológica (CEMO) do município de Belém, Pará, são parcialmente cumpridos.

Palavras-chave: Judicialização da saúde; Diabetes mellitus; Insulinas análogas.

Título: Diagnóstico Precoce de Infecções Assintomáticas do Trato Urinário em Gestantes e Melhoria de Desfechos

RESUMO

A ocorrência de Infecção do Trato Urinário na gravidez pode acarretar sérias complicações, estando associada a morbimortalidade materna e perinatal significativas e por esse motivo, deve sempre ser encarada como complicada, seja em casos de cistite e pielonefrite ou mesmo quando acontece na forma de bacteriúria assintomática, tendo indicação absoluta de tratamento também nesse caso. Com objetivo de investigar se há evidências da prática profissional; em especial do farmacêutico no contexto dos laboratórios de diagnóstico clínico, quanto ao diagnóstico precoce e exato de infecções assintomática do trato urinário em gestantes e a melhoria de desfechos clínicos, epidemiológicos, humanísticos, econômicos, acesso e equidade; assim como, quanto ao uso racional de medicamentos e qualidade de vida. Revisão sistemática e síntese narrativa. Há evidências de que o diagnóstico precoce e exato de infecções assintomática do trato urinário em gestantes melhora desfechos clínicos, epidemiológicos, humanísticos, econômicos e de acesso e equidade; assim como, do uso racional de medicamentos. Observou-se uma carência de evidências da prática profissional no contexto dos laboratórios de diagnóstico laboratorial; em especial do farmacêutico, categorizadas em intervenções profissionais, organizacionais, governamentais, financeiras e multifacetadas.

Palavras-chave: Gestante, Infecção do trato urinário, Diagnóstico laboratorial.

Título: Erros de prescrição, dose, preparo e desperdício de medicamentos relacionados a distribuição individualizada de antimicrobiano para pacientes de uti-neonatal

RESUMO

Introdução: Dentre as diversas áreas de sua competência, a Farmácia Hospitalar é responsável pela promoção e monitoramento do uso seguro de medicamentos. Objetivo: Investigar erros de prescrição, de dose, de preparo e desperdício de antimicrobianos distribuídos de forma individualizada para pacientes de UTI-Neonatal na Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa transversal, retrospectiva, fundamentada na pesquisa-ação, tendo como recorte temporal o período de novembro de 2021 a janeiro 2022. As variáveis relacionadas aos medicamentos foram comparadas ao protocolo de prescrição do NEOFAX®. Resultado: O estudo envolveu 76 pacientes e analisou 213 prescrições que envolveram 341 antimicrobianos, dos quais, 280 (82%) dos antimicrobianos prescritos não apresentavam clareza quanto às instruções de preparo e 98 (29%) apresentaram as doses em desacordo com o NEOFAX®. Os itens de maior dúvida foram quanto à estabilidade após o preparo: 341 (100%); quanto ao volume final após preparo 341 (100%) e quanto a técnica de preparo 266 (78%). Do total de pacientes, 32 (42%) eram de muito baixo peso, seguidos de 26 (34%) de extremo baixo peso, e 18 (24%) de baixo peso. Conclusão: Os dados obtidos no estudo subsidiaram a implantação de uma central de misturas intravenosas na instituição estudada.

Palavras-chaves: Farmácia Hospitalar; Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal; Infusões Intravenosas; Segurança do Paciente.

Título: Erros na prescrição, preparo e administração de medicamentos em Unidade de Tratamento Intensivo Pediátrica e Neonatal: revisão sistemática

RESUMO

Objetivo: Buscar evidências sobre como prevenir potenciais erros de medicação na prescrição, preparo e administração de medicamentos para pacientes de Unidade de Tratamento Intensivo Pediátrica e Neonatal. Método: Revisão sistemática e síntese narrativa. Resultado: 18 artigos foram selecionados com evidências sobre como prevenir potenciais erros de medicação na prescrição, preparo e administração de medicamentos para pacientes de Unidade de Tratamento Intensivo Pediátrica e Neonatal. Os estudos são bem variados quanto a metodologia adotada. Tem-se, artigos que fizeram revisões sistemáticas, integrativas e narrativas, estudo de coorte prospectivos e retrospectivos, estudos observacionais e de análise econômica, sendo a maioria de países europeus, não trazendo informações sobre equidade ou análise de subgrupos. Conclusão: Há evidências de que intervenções estruturais e tecnológicas; organizacionais e profissionais; regulatórias e educacionais e interdisciplinares e multifacetadas, reduzem erros de prescrição e de preparo, interações medicamentosas, reações adversas a medicamentos, melhorando a qualidade dos serviços e a segurança do paciente.

Palavras-chave: Farmácia hospitalar; Erros de medicação; Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal; Unidade de Tratamento Intensivo Pediátrica; Segurança do paciente.

Título: Estratégias políticas que norteiam a incorporação de tecnologias: Avaliação de Tecnologias em Saúde em oncologia

RESUMO

Objetivo: Este trabalho tem como objetivo contextualizar os marcos regulatórios e as estratégias políticas no campo das Avaliações de Tecnologias em Saúde que norteiam as ações da rede de pesquisa clínica em oncologia e sua incorporação no Sistema Único de Saúde. Método: Trata-se de uma revisão do período entre 1988 e 2013, utilizando-se de descritores em Ciências da Saúde. Foram consultados, também, os bancos de dados do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Instituto Nacional de Câncer e Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde. Resultados: O Departamento de Ciência e Tecnologia é o responsável pela pesquisa em Avaliação de Tecnologias em Saúde no Brasil. Podem ser constatados avanços importantes nesse campo pelo governo brasileiro. Por fim, infere-se a necessidade de se aprimorarem as políticas e estratégias relacionadas ao processo de incorporação e de abandono de tecnologias, principalmente de tecnologias em saúde na área oncológica. Conclusão: As políticas científicas de controle do câncer devem estar cada vez mais alinhadas com as evidências científicas com objetivo de oferecer um sistema de saúde equânime e eficiente.

Palavras-chave: economia da saúde, neoplasias, políticas públicas de saúde

Título: Evidências sobre serviços farmacêuticos relacionados ao tratamento da Covid-19: Revisão integrativa

RESUMO

Objetivo: Recuperar evidências científicas sobre serviços farmacêuticos relacionados ao tratamento da Covid-19. Metodologia: Revisão Integrativa, com recorte temporal 2020 a 2022. Resultados: Dezesseis estudos foram recuperados de distintas regiões do mundo: Brasil (3), China (3), Egito (1), Reino Unido (1), Kosovo (1), Emirados Árabes Unidos (1), Polónia (1), República Tcheca (1), Portugal (1), Jordânia (1) e Líbano (1). Observa-se, que os estudos não relatam com profundidade questões relacionadas a equidade, a exemplo de local, raça, ocupação, sexo, religião, educação, capital social e estado econômico. Conclusão: A prevenção e o tratamento da Covid-19 têm uma intrínseca ligação com a assistência farmacêutica por meio da oferta de serviços farmacêuticos a exemplo do cuidado farmacêutico realizado pelo profissional farmacêutico. A pandemia trouxe consigo mudanças e avanços em saúde que promovem a disseminação da informação ativa/passiva, presencial/remota, como serviços de orientação por telefarmácia; um dos principais meios de difusão do saber sobre o uso racional de medicamentos, fundamentado em evidências científicas sobre a profilaxia e o tratamento da Covid-19.

Palavras-chave: Farmacêutico; Covid-19; SARS-CoV-2; Serviços farmacêuticos; Intervenções farmacêuticas.

Título: Farmácia veterinária e serviços farmacêuticos destinados a animais de companhia: revisão integrativa

RESUMO

Objetivo: Investigar evidências sobre a atuação do farmacêutico no campo de medicamentos de uso veterinário destinados a animais de companhia. Método: Revisão integrativa. Resultados: Foram recuperados 18 trabalhos, sendo 14 estudos transversais, 2 cartas ao editor, 1 relato de experiência e 1 revisão integrativa. O mercado farmacêutico veterinário tem conquistado espaço dentro da profissão farmacêutica. Serviços farmacêuticos, a exemplo do cuidado farmacêutico para assegurar o uso com qualidade de medicamentos de uso veterinário, tem potencial mercado. Conclusão: Há evidências de que o farmacêutico é importante para o campo da medicina veterinária. É requisito essencial que o mesmo esteja qualificado – com formação apropriada – para lidar com prescrições veterinárias e com animais de companhia. Requer, também, uma integração profissional entre farmacêuticos e médicos veterinários.

Palavras-chave: Animais de companhia; Farmácia comunitária veterinária; Farmacoterapia veterinária; Medicamentos veterinários; Serviços farmacêuticos.

Título: Fortalecimento das estratégias de segurança de pacientes: uma revisão integrativa quantos aos processos de segurança de medicamentos

RESUMO

Objetivos: Identificar evidências quanto aos processos utilizados para a promoção da segurança do paciente relacionados à utilização de medicamentos em ambientes hospitalares e quais implicações dessas ações para a prática clínica e do cuidado farmacêutico. Métodos: Revisão integrativa realizada nas bases de dados, Cochrane Library, Epistemonikos, Health Evidence, Health Systems Evidence, e Biblioteca Virtual de Saúde, utilizando-se os domínios “idosos”, “segurança do paciente”, “polifarmácia” combinando-os com os operadores booleanos 'AND' e 'OR'. As publicações foram selecionadas de acordo com os critérios de inclusão e exclusão; a análise dos artigos se deu por pares; não houve restrição de idiomas. Resultados: A busca resultou em 73 artigos, dos quais: 42 foram excluídos por temática diversa à desta revisão, 4 revisões sistemáticas, e 3 duplicatas. Restaram 24 artigos elegíveis divididos em 5 eixos temáticos: percepção dos profissionais e dos pacientes quanto à segurança no uso de medicamentos; sistemas de liberação e relação de medicamentos padronizados; dispensação de medicamentos realizada por farmacêuticos e técnicos de farmácia; teste de estabilidade; e, qualidade e gestão de processos assistenciais. Conclusão: Existem inúmeras estratégias empregadas para promover a segurança no uso de medicamentos e o farmacêutico, como consultor técnico e clínico dos cuidados farmacêuticos, pode atuar detectando potenciais falhas e traçando estratégias para promover a segurança do paciente com vistas a reduzir custos com tecnologias da saúde.

Palavras-chave: Polifarmácia; Segurança do paciente; Uso racional de medicamentos.

Título: Intervenções farmacêuticas em utentes em uso de insulinas análogas sob demanda judicial assistidos no Centro de Especialidades Médico Odontológica, em Belém, Pará

RESUMO

Objetivo: Apresentar as intervenções farmacêuticas ofertadas para utentes em uso de insulinas análogas sob judicialização, por meio de serviços farmacêuticos disponibilizados no Centro de Especialidades Médico Odontológica, em Belém, Pará. Método: Trata-se de um estudo de caso, prospectivo, descritivo, analítico de natureza qualitativo e quantitativo, realizado em utentes com Diabetes Mellitus na faixa etária entre 50 e 59 anos, de ambos os sexos e gêneros, em uso de insulinas análogas sob judicialização, por meio da observação participativa, utilizando amostragem de conveniência feito no período entre agosto de 2018 e junho de 2019. Resultados: 27 utentes, sendo 15 do gênero feminino e 12 do gênero masculino, com idade entre 50 e 59 anos integralizaram as 3 Consultas Farmacêuticas. 29,6% dos utentes apresentavam alguma complicação relacionada ao diabetes; dentre as quais, a prevalência de retinopatia diabética em 50%. A glicemia capilar casual apresentou uma redução de 215,29 ± 80,56 mg/dL para 131 ± 34,74 mg/dL. A insulina glargina (Lantus®) foi encontrada em 94% das prescrições. 85,2% autoreferiram ter adesão ao tratamento. R$ 454,87 foi o custo médio mensal dos tratamentos dos utentes. 100,0% dos utentes foram classificados como tendo boa qualidade de vida. Conclusão: Infere-se que as intervenções farmacêuticas demonstraram ser efetivas quanto ao cuidado farmacêutico e a qualidade de vida do utente. Propõe-se, reflexionar, sobre a importância não só da acessibilidade as insulinas análogas via judicial; mas, imprescindivelmente da qualidade do acesso aos serviços de cuidados ofertados.

Palavras-chave: Serviço farmacêutico; Intervenção farmacêutica; Judicialização; Insulinas análogas; Diabetes mellitus.

Título: Intervenção farmacêutica em prescrições de antimicrobianos na unidade de pronto atendimento 24 horas de Icoaraci, Belém, Pará

RESUMO

Introdução: Sabe-se, que erros de prescrição evitáveis, um tema relevante para a saúde pública, podem ser prevenidos por intervenções farmacêuticas em utentes hospitalizados. Objetivo: estudar o efeito da intervenção farmacêutica por meio da revisão de utilização de medicamentos e conciliação de medicamentos sobre potenciais interações de medicamentos antimicrobianos prescritos na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Icoaraci, Belém, Pará. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, exploratório, prospectivo,(14) aplicado a utentes adultos, de ambos os gêneros e recrutados por amostragem de conveniência, sendo realizado entre agosto a dezembro de 2017. Resultados: Foram analisadas 59 prescrições dos 46 utentes estudados, sendo identificadas 5 (Média = 0,11) potenciais interações de medicamentos. Quando comparadas com o controle; observou-se que são significativamente diferentes (Teste t de Stundent [IC = 0,05]), evidenciando que o fato de o utente ter recebido intervenção farmacêutica por meio da revisão da utilização de medicamentos e conciliação de medicamentos proporcionou redução do risco de interação de medicamentos. Conclusão: Infere-se que a intervenção farmacêutica em prescrições de utentes em uso de antimicrobianos na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Icoaraci, Belém, Pará, mostrou-se efetiva quanto a redução de interações entre medicamentos.

Palavras-chave: Saúde Pública. Unidade de Tratamento Intensivo. Antimicrobianos. Intervenção Farmacêutica. Segurança do Paciente.

Título: Intervenção farmacêutica na antibioticoterapia do idoso: caminhos para a redução da ocorrência de problemas relacionados a medicamentos e promoção da farmacoeconomia

RESUMO

Objetivo: Avaliar estudos sobre intervenções farmacêuticas direcionadas à redução de Problemas Relacionados a Medicamentos em pacientes idosos, durante o uso de antibióticos, no contexto hospitalar. Métodos: Trata-se de uma Revisão Integrativa. Os estudos incluídos responderam a critérios previamente definidos, os quais adotaram participantes dos estudos como “idosos internados em unidades de média e/ou alta complexidade”; intervenções a serem investigadas como “intervenções farmacêuticas em nível hospitalar” e resultados a serem mensurados como “evidências clínicas, epidemiológicas, de acesso (output), humanísticas e/ou econômicas”. Os dados foram coletados em fontes secundárias, com um recorte temporal de 2015 a 2020, em que foram selecionados estudos relacionados ao acompanhamento/cuidado, em pacientes idosos, cujas características metodológicas foram de Ensaios Clínicos Controlados, Ensaios Clínicos Controlados Randomizados e Revisões Sistemáticas, obrigatoriamente nos níveis de atenção de média e alta complexidade. Resultados: Foram selecionados 7 estudos, e cada um apresentou um método de intervenção farmacêutica para a problemática apresentada. Considerações finais: A análise dos resultados sugeriu que existem evidências de que intervenções farmacêuticas podem reduzir os Problemas Relacionados a Medicamentos na antibioticoterapia em idosos hospitalizados; não sendo identificadas, porém, investigações robustas acerca dos efeitos dessas intervenções sobre a promoção da sustentabilidade econômica.

Palavras-chave: Idosos, Antibióticos, Efeitos colaterais e reações adversas relacionados a medicamentos.

Título: Intervenção na antibioticoterapia de uso restrito na unidade de terapia intensiva: revisão sistemática

RESUMO

Introdução: Uma das principais preocupações mundiais quanto ao uso irracional de medicamentos está relacionada com a utilização dos antimicrobianos. As doenças infecciosas são combatidas com a utilização dessa classe de medicamento, e com o aumento do consumo é mostrado na mesma intensidade que cresce a seleção de cepas de bactérias resistentes a esses medicamentos. Objetivo: Sintetizar evidências sobre intervenções em pacientes oncológicos em uso de antibioticoterapia de uso restrito atendidos em Unidade de Terapia Intensiva quanto a redução da resistência bacteriana e promoção de economia financeira. Métodos: Revisão sistemática e síntese narrativa. Resultados: Os achados apontam que as intervenções em pacientes oncológicos em antibioticoterapia de uso restrito atendidos em Unidade de Terapia Intensiva reduzem a resistência bacteriana e promovem economia financeira. As intervenções farmacêuticas por meio de programas de uso de antibióticos com qualidade promovem contenção de despesas; além de uma redução significativa na resistência bacteriana. Conclusão: A administração adequada de antibióticos nas UTIs inclui não apenas a identificação rápida e o tratamento ideal de infecções bacterianas fundamentado nas características farmacocinéticas e farmacodinâmicas; também, conduz a melhores resultados clínicos, menos eventos adversos, menos cepas resistentes a antibióticos e custos reduzidos.

Palavras-chave: Unidade de Tratamento Intensivo, Antimicrobianos, Resistência bacteriana, Segurança do paciente, Serviços farmacêuticos.

Título: Intervenções aplicadas a prescrição, uso e administração de medicamentos como fatores estratégicos para a segurança do paciente: revisão sistemática

RESUMO

Objetivo: Identificar intervenções aplicadas a prescrição, uso e administração de medicamentos como fator estratégico para a segurança do paciente. Método: Revisão sistemática. Resultados: Foram recuperados 20 estudos feitos nos cinco continentes, englobando países de baixa, média e alta renda. Quanto aos desenhos de estudo utilizados, tem-se 1 estudo clínico controlado randomizado, 2 estudos de coorte, 10 estudos transversais, 1 estudo econômico, 5 revisões sistemáticas e 1 relato de experiência. Apresenta-se as categorias de intervenções quanto aos aspectos estruturais e tecnológicos, organizacionais e profissionais, regulatórios, educacionais, impacto financeiro e interdisciplinares e multifacetadas. Conclusão: Reconhece-se a existência de distintas intervenções que promovem práticas seguras do uso de medicamentos no ambiente hospitalar.

Palavras-chave: Hospital; Farmácia hospitalar; Cuidado farmacêutico; Intervenção farmacêutica; Segurança do paciente.

Título: Intervenções farmacêuticas e seus desfechos em portadores de HIV/AIDS em atendimento de média complexidade

RESUMO

Objetivo: Investigar evidências sobre tipos de intervenções, dando ênfase às intervenções farmacêuticas, e seus respectivos desfechos clínicos, epidemiológicos, de acesso, humanístico e econômicos em portadores de HIV/Aids em atendimento de média complexidade. Métodos: Revisão sistemática com estratégia de busca nos estudos publicados nas bases Cochrane Library, Epistemonikos, Health Evidence, Health Systems Evidence, Biblioteca Virtual de Saúde e Google Scholar; incluindo Medical Subject Headings (MeSH) e Descritores em Ciências da Saúde (DeCS), incluindo os domínios “Pharmaceutical attention”, “Pharmaceutical Care”, “Pharmaceutical Interventions”, “Pharmaceutical Services”, “HIV/AIDS”, “Medium Complexity Attention” e “Medium Complexity Care”, sendo adaptada para as distintas bases eletrônicas, utilizando-se dos operadores booleanos OR e AND. Resultados: Há evidências de que as intervenções farmacêuticas profissionais, financeiras, governamentais e multifacetadas, melhoram os desfechos clínicos, epidemiológicos, de acesso e equidade, humanístico e econômicos em portadores de HIV/Aids em atendimento de média complexidade. Considerações finais: Diversas intervenções farmacêuticas ao portador de HIV/Aids se mostraram importantes na melhora de desfechos clínicos, epidemiológicos, humanísticos e de acesso e equidade, tendo assim o cuidado farmacêutico se mostrado importante para fortalecer as estratégias do uso racional de medicamentos e promovendo a melhoria da qualidade de vida do paciente.

Palavras-chave: Serviços farmacêuticos, HIV, AIDS, Média complexidade.

Título: Intervenções farmacêuticas em utentes em uso de insulinas análogas sob demanda judicial assistidos no Centro de Especialidades Médico Odontológica, em Belém, Pará

RESUMO

Objetivo: Apresentar as intervenções farmacêuticas ofertadas para utentes em uso de insulinas análogas sob judicialização, por meio de serviços farmacêuticos disponibilizados no Centro de Especialidades Médico Odontológica, em Belém, Pará. Método: Trata-se de um estudo de caso, prospectivo, descritivo, analítico de natureza qualitativo e quantitativo, realizado em utentes com Diabetes Mellitus na faixa etária entre 50 e 59 anos, de ambos os sexos e gêneros, em uso de insulinas análogas sob judicialização, por meio da observação participativa, utilizando amostragem de conveniência feito no período entre agosto de 2018 e junho de 2019. Resultados: 27 utentes, sendo 15 do gênero feminino e 12 do gênero masculino, com idade entre 50 e 59 anos integralizaram as 3 Consultas Farmacêuticas. 29,6% dos utentes apresentavam alguma complicação relacionada ao diabetes; dentre as quais, a prevalência de retinopatia diabética em 50%. A glicemia capilar casual apresentou uma redução de 215,29 ± 80,56 mg/dL para 131 ± 34,74 mg/dL. A insulina glargina (Lantus®) foi encontrada em 94% das prescrições. 85,2% autoreferiram ter adesão ao tratamento. R$ 454,87 foi o custo médio mensal dos tratamentos dos utentes. 100,0% dos utentes foram classificados como tendo boa qualidade de vida. Conclusão: Infere-se que as intervenções farmacêuticas demonstraram ser efetivas quanto ao cuidado farmacêutico e a qualidade de vida do utente. Propõe-se, reflexionar, sobre a importância não só da acessibilidade as insulinas análogas via judicial; mas, imprescindivelmente da qualidade do acesso aos serviços de cuidados ofertados.

Palavras-chave: Serviço farmacêutico; Intervenção farmacêutica; Judicialização; Insulinas análogas; Diabetes mellitus.

Título: Intervenções farmacêuticas sobre o uso de dispositivos inalatórios: o cuidado farmacêutico no controle da asma

RESUMO

A asma é uma doença crônica heterogênea, cujo tratamento é dividido entre a farmacoterapia de manutenção e a sintomática. O controle eficiente e prolongado das manifestações clínicas e funcionais da asma pode ser obtido pelo uso de corticosteroides, agonistas de betare-ceptores de curta e longa duração, frequentemente incorporados a dispositivos inalatórios. Estudos destacam que o cuidado farmacêutico centrado no estabelecimento da autogestão do tratamento da asma se mostra promissor. O objetivo foi buscar evidências sobre intervenções farmacêuticas e seus desfechos relacionados à administração de dispositivos inalatórios para pacientes asmáticos. Trata-se de uma revisão integrativa e síntese narrativa. Foram localizados e incluídos nesta pesquisa oito artigos originais que apontam evidências de que as intervenções farmacêuticas são capazes de reduzir problemas relacionados ao uso de dispositivos inalatórios, proporcionando a autogestão do tratamento da asma. Conclui-se que as intervenções conduzidas por farmacêuticos melhoram o uso de inaladores, refletindo positivamente no controle da doença e reduzindo problemas relacionados a medicamentos.

Palavras-chave: doenças respiratórias; manejo da asma; dispositivos inalatórios; intervenções farmacêuticas; autogestão do tratamento.

Título: Itinerário de utentes com fibrose pulmonar idiopática atendidos via judicial ou administrativa pela Secretaria de Estado de Saúde do Pará

RESUMO

Objetivo: Investigar o itinerário de utentes que tiveram acesso aos medicamentos antifibróticos nintedanibe e pirfenidona via judicial ou administrativa; assim como, seus respectivos perfis socioeconômicos e epidemiológicos atendidos na Farmácia de Demandas Judiciais e Administrativas. Método: Trata-se de estudo transversal, retrospectivo, analítico-descritivo, qualitativo-quantitativo. Apresenta-se os dados socioeconômicos e demográficos do utentes. Resultados: Os achados nos informam que há prevalência de demanda via administrativa em relação a demanda via judicial. Os utentes têm dificuldade para efetuar o cadastro, renovação e o acesso ao medicamento; logo, apresentam dificuldades para adesão e continuidade ao tratamento. Conclusão: Infere-se que há dificuldades no acesso ao tratamento da FPI no Pará, sendo que a adesão ao tratamento e a continuidade estão prejudicadas pela inconstância na aquisição dos antifibróticos. Há prejuízos para a qualidade de vida dos utentes. Constatou-se altos gastos com a aquisição dos medicamentos antifibróticos.

Palavras-chave: Doenças raras; Fibrose Pulmonar Idiopática; Assistência farmacêutica; Cuidado farmacêutico; Medicamentos.

Título: Licença compulsória do efavirenz no Brasil em 2007: contextualização

Palavras-chave: terapia anti-retroviral de alta atividade; medicamentos; propriedade intelectual; patentes; Brasil.

Título: Marcos regulatórios e a atuação do farmacêutico no mercado de medicamentos veterinários para animais de companhia: revisão integrativa

RESUMO

Objetivo: Investigar evidências sobre a atuação do farmacêutico no mercado de medicamentos veterinários para animais de companhia e seus marcos regulatórios. Método: Trata-se de uma revisão integrativa, tendo como recorte temporal o período entre os anos de 2016 e 2021. Resultados: Dezoito artigos foram recuperados. Observou-se evidências sobre a atuação do farmacêutico no mercado de medicamentos veterinários para animais de companhia. Serviços farmacêuticos, a exemplo do cuidado farmacêutico, aplicado ao uso com qualidade de medicamentos veterinário, tem potencial mercado. Outrossim, é requisito essencial que o mesmo esteja qualificado – com formação apropriada – para lidar com prescrições veterinárias e com animais de companhia. Requer, ainda, uma integração profissional com os médicos veterinários. Conclusão: Reconhece-se, que o campo de atuação do farmacêutico veterinário é promissor. Entretanto, há muito o que ser aperfeiçoado no campo dos marcos regulatórios, em especial quanto a conduta profissional frente a um mercado com distintas especificidades; ou seja, raças, gêneros, espécies, entre outras; requerendo distintos conhecimentos para ofertar serviços farmacêuticos com qualidade e segurança.

Palavras-chave: Hospital veterinário; Clínica veterinária; Medicamentos veterinários; Farmácia comunitária; Serviços farmacêuticos.

Título: Modelo conceitual para o ensino do cuidado farmacêutico na Farmácia Escola da Faculdade Integrada Carajás, Redenção, Pará

RESUMO

Objetivo: Estabelecer um Modelo Conceitual de Cuidado Farmacêutico para a Farmácia Escola da Faculdade Integrada Carajás, Redenção, Pará, fundamentado em valores éticos, competência organizacional, capacidade de integração e proatividade. Metodologia: Pesquisa-ação, prospectiva, descritiva e analítica. Resultados: Apresenta-se os resultados objetivos e subjetivos quanto as percepções de discentes e docentes quanto a atual estrutura e organização da Farmácia Escola; os quais fundamentaram a elaboração de um Modelo Conceitual de Cuidados Farmacêutico pautado na estratégia de simulação realística. Conclusão: O modelo conceitual e as ferramentas para o cuidado farmacêutico na Farmácia Escola da Faculdade Integrada Carajás, Redenção, Pará, foi elaborado a partir de uma perspectiva de cuidado centrado no utente, sendo as intervenções pautadas no contexto do utente, sua experiência subjetiva com as doenças e com os medicamentos, utilizando-se, por fim, de diferentes estratégias de comunicação e do desenvolvimento de habilidades para incentivar os utentes a participarem das decisões sobre as possibilidades de solução dos problemas identificados.

Palavras-chave:
Educação; Farmácia escola; Ensino farmacêutico; Serviços farmacêuticos; Cuidado farmacêutico.

Título: O farmacêutico no processo de gestão de órteses, próteses e materiais especiais em nível hospitalar

RESUMO

Objetivo: Obter evidências sobre a atuação do profissional farmacêutico no processo de gerenciamento de órteses, próteses e materiais especiais em âmbito hospitalar. Métodos: Trata-se de uma revisão integrativa de artigos publicados no período de 2012 a 2022, cujos descritores utilizados nas bases de dados Google Scholar, Medline, Pubmed e Scielo, foram: Órteses, Próteses e Materiais Especiais; Gestão Hospitalar; Farmácia Hospitalar; Análise e Desempenho de Tarefas; Garantia da Qualidade; Indicadores de Gestão. Resultados: Foram recuperados 48 artigos, dentre os quais, 34 foram excluídos e 14 selecionados. Resultados: Os artigos incluídos evidenciam os fatores que dificultam a gestão de OPME’s, abordando principalmente o controle, os custos e a necessidade de profissionais especializados para o gerenciamento desses materiais, em especial ao farmacêutico, com suas atribuições, sendo o profissional capacitado para alcançar esses objetivos nas redes de saúde. Considerações finais: Os estudos evidenciam benefícios da atuação do profissional farmacêutico na administração de Órteses, Próteses e Materiais Especiais e da sua importância na promoção do uso com qualidade desses materiais.

Palavras-chave: Órteses, Próteses, Materiais Especiais, Gestão, Farmacêutico.

Título: O papel do farmacêutico na pandemia de COVID-19: Revisão integrativa

RESUMO

Objetivo: Analisar a literatura científica referente ao papel do farmacêutico na pandemia de COVID-19, por meio de revisão integrativa da literatura. Fonte de dados: A busca dos artigos científicos foi realizada nas seguintes bases de dados: Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Library Online (SciELO) e PubMed no período de 2019 a 2020.Os critérios de inclusão estabelecidos foram publicações em inglês com o descritor “Coronavirus, COVID-19, Pharmacy, Community Pharmacy, Pharmacy Services, Pharmaceutical Care, Hospital Pharmacy” no título, resumo ou palavraschave em artigos disponibilizados online e na íntegra. Excluíram-se cartas ao editor e artigos em duplicidade. Síntese dos dados: Foram identificados 10.906 artigos, dos quais 28 atenderam aos critérios de seleção. Os resultados foram demonstrados com ênfase nas funções adicionais desempenhadas pelos farmacêuticos tanto na farmácia comunitária quanto na farmácia hospitalar, determinadas pela situação de pandemia. No âmbito hospitalar foram verificadas o apoio à tomada de decisões clínicas sobre a farmacoterapia, gestão logística dos medicamentos, maior segurança na dispensação de medicamento e farmacovigilância. No ambiente da Farmácia comunitária o destaque foi no cuidado farmacêutico diretamente ao usuário por meio de orientação a respeito das medidas de higiene buscando minimizar ou evitar a disseminação do vírus e contaminação das pessoas. A manutenção da dispensação dos medicamentos para os usuários agudos e crônicos, por meio da garantia da oferta e disponibilidade de medicamentos com qualidade foi a principal atividade, assim como de testes rápidos para diagnósticos da COVID-19.

Palavras-chave: Coronavirus; COVID-19; Serviço de farmácia; Atenção farmacêutica; Farmácia hospitalar.

Título: Overview de revisões sistemática e avaliação econômica de antifibróticos (nintedanib e pirfenidona) no tratamento da Fibrose Pulmonar Idiopática – FPI

RESUMO

Introdução: O tratamento da Fibrose Pulmonar Idiopática ainda é limitado e desafiador. Diretrizes médicas aconselham o manejo de FPI por meio de medidas não farmacológicas (oxigênio suplementar, reabilitação pulmonar), transplante de pulmão e tratamento farmacológico. Recentemente tal tratamento foi suplementado pelas medicamentos antifibróticos, nintedanib e pirfenidona, que visam melhorar o quadro patológico e promover aumento no tempo de sobrevida dos pacientes. Objetivo: Sintetizar evidências científicas sobre a efetividade, segurança e eficiência do uso do nintedanib e da pirfenidona me pacientes com Fibrose Pulmonar Idiopática. Métodos. Um Overview de Revisões Sistemáticas – com e sem metanálises – e de Estudos de Avaliação Econômica, para a qual se utilizou as bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, Cochrane, Database of Systematic Reviews, Epistemonikos e Google Scholar. O recorte temporal compreendeu o período entre agosto de 2019 e setembro de 2019, fazendo uso dos descritores “Idiopathic Pulmonary Fibrosis”, “Pirfenidone” “Systematic Review”, “Meta-Analyses” e “Economic Evaluation”, provenientes do Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) e do Medical Subject Headings (MeSH) e acrescidas dos operadores booleanos “OR” e “AND”. Os estudos foram avaliados para a qualidade metodológica e os resultados apresentados em síntese narrativa. Resultados. Um total de 1038 artigos foram recuperados: 12 de Epistemonikos, 53 de Cochrane, 973 a partir de Google Scholar. Destes, foram selecionados 10 artigos: 06 revisões sistemáticas com metanálise, 01revisão sem metanálise e 3 avaliações econômicas. Conclusão: As evidências sugerem que a pirfenidona apresenta eficácia no risco de morte por todas as causas, bem como no risco de morte por FPI em 1 ano, sendo capaz de reduzir o risco de agravamento do quadro de dispneia, em comparação com placebo. No que tange ao nintedanib os estudos demonstram retardo na progressão da FPI quando comparado ao placebo e redução significativa no risco de exacerbações agudas. Ambas as drogas parecem ser bem toleradas.

Palavras-chave: Fibrose Pulmonar Idiopática, antifibróticos, nintedanib, pirfenidona, overview, revisão sistemática.

Título: Percepção de farmacêuticos sobre suas funções técnicos-assistências e técnicosgerenciais em farmácias comunitárias privadas

RESUMO

Objetivo: Identificar as atribuições e/ou funções de farmacêuticos como técnicos-gerenciais e como técnicosassistenciais em farmácias comunitárias privadas. Método: Pesquisa exploratória, prospectiva, analítica e descritiva, realizada entre outubro e dezembro de 2020, utilizando-se de entrevistas estruturadas via Survey Monkey®, aplicadas a farmacêuticos que trabalham em farmácias comunitárias privadas no estado do Pará. Resultados: Trata-se de uma representação social sobre a percepção de 59 (100,0%) farmacêuticos respondentes. 32 (54,2%) eram farmacêuticos técnico-assistenciais e 27 (45,8%) eram farmacêuticos técnico-gerenciais. Identificou-se as atribuições e/ou funções dos farmacêuticos como técnico-gerenciais e como técnicos-assistenciais em farmácias comunitárias privadas. Conclusão: Observou-se que não há harmonização das atribuições e funções dos farmacêuticos como técnico-gerenciais e como técnicos-assistenciais. Infere-se haver conflitos quanto à compreensão do papel dos farmacêuticos como técnicosgerenciais (gestão) e como técnicos-assistenciais (cuidado farmacêutico).

Palavras-chave: Mercado farmacêutico; Farmácia comunitária; Gestão farmacêutica; Serviços farmacêuticos; Cuidado farmacêutico.

Título: Perfil de prescrições de medicamentos para o tratamento da Covid-19 no Hospital Geral da Unimed, Belém, Pará, Amazônia

RESUMO

Objetivo: Investigar o perfil clínico e de prescrição de medicamentos utilizados no tratamento da Covid-19 em pacientes internados no Hospital Geral da Unimed em Belém, Pará, Amazônia. Método: Estudo de utilização de medicamentos, transversal, retrospectivo, exploratório, descritivo e analítico aplicado para o tratamento da Covid-19, tendo como recorte temporal o período entre abril e outubro de 2020. Resultados: Observou-se que os pacientes hospitalizados com a Covid-19, receberam diagnóstico predominantemente pelo método RT-PCR, sendo em sua maioria idosos ≥60 anos, portadores de uma ou mais comorbidades. Apresentavam leucocitose, neutrofilia, linfopenia, aumento de PCR ProteínaC-reativa e D-dímero. A média de internação foi de 12 dias. Pacientes idosos do sexo masculino, demonstraram maior vulnerabilidade. A chance de óbito foi muito expressiva em pacientes que necessitaram de intubação orotraqueal. Foram encontrados 3.398 potenciais interações, revelando maior frequência absoluta de interações do tipo farmacodinâmica (n=2.233) em comparação as farmacocinéticas (n=1.165). Categorizou-se potenciais interações, contabilizando um total de 3.379; sendo (n=2.181) moderadas, (n=734) graves e (n=464) leves. Conclusão: Houve menor ocorrência de óbitos proporcional entre os pacientes que utilizaram dexametasona em comparação com aqueles que não usaram. Houve uma maior ocorrência de óbitos entre os usuários de enoxaparina e heparina em comparação aos pacientes que não os utilizaram. Os medicamentos oseltamivir, hidroxicloroquina e azitromicina também apresentaram uma associação de risco para o desfecho óbito.

Palavras-chave: SARS-CoV-2; Covid-19; Farmácia hospitalar; Serviços de farmácia; Cuidado farmacêutico.

Título: Perfil da qualidade de vida em Utentes Idosos com Fibrose Pulmonar Idiopática no Estado do Pará

RESUMO

Introdução: O Brasil não possui uma política ou programa específico para doenças raras. Observam-se ações isoladas voltadas para esse campo, apresentando algum grau de dispersão. A Fibrose Pulmonar Idiopática é uma doença do interstício pulmonar, que se manifesta por fibrose progressiva, de etiologia desconhecida, que ocorre principalmente em adultos de idade avançada e, que apesar de ser rara, é o quadro clínico mais prevalente das Pneumonias Intersticiais Idiopáticas. Objetivo: analisar a percepção de idosos com Fibrose Pulmonar Idiopática sobre a qualidade de vida. Metodologia: Trata-se de um estudo aplicado, analítico-descritivo, qualitativoquantitativo, prospectivo no período de maio a junho de 2019, realizado por meio da aplicação aplicando o instrumento World Health Organization Quality of Life-Bref, orientado pelo conceito de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde, composto pelos domínios Físico, Psicológico, Relações sociais e Ambiental à 07 utentes com Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI), utilizando-se de amostragem consecutiva, que recebem os medicamentos antifibróticos nintedanib e pirfenidona através de demanda judicial ou administrativa na “Farmácia de Demandas Judiciais e Administrativas” da Secretaria de Estado de Saúde do Pará. Foi constatado que 80% dos participantes são idosos do sexo masculino e a idade média foi de 74 anos. A pontuação no WHOQOL-Bref, dos escores para tais domínios, respectivamente: físico=64,29, psicológico=73,21, social=84,52 e ambiental=74,55. Conclusão: Concluiu-se que os utentes apresentam boa qualidade de vida. O instrumento utilizado mostrou-se sensível ao objetivo pretendido, permitindo verificar consonância com outros estudos em relação às facetas que mais influenciam a qualidade de vida desta população.

Palavras-chave: Doenças Raras, Fibrose Pulmonar Idiopática, Qualidade de vida, Medicamentos.

Título: Perfil de adesão ao tratamento de pacientes hipertensos atendidos na Unidade Municipal de Saúde de Fátima, em Belém, Pará, Amazônia, Brasil

RESUMO

O artigo apresenta o estudo sobre a adesão ao tratamento em pacientes hipertensos atendidos na Unidade Municipal de Saúde de Fátima no Município de Belém, Estado do Pará, Brasil. Foram entrevistados 100 pacientes no período de setembro a outubro de 2008 para a medida de adesão ao tratamento utilizando a escala de Likert modificada para mensurar o grau de adesão ao tratamento farmacológico, estudando as variáveis que possam estar relacionadas ao grau de adesão, tais como: aos fatores socioeconômicos; à equipe e ao serviço de saúde; à condição da doença; ao tratamento e aquelas relacionadas ao paciente. Também foram investigados dados secundários em prontuários clínicos. ® Os dados obtidos com as ferramentas de estudo foram plotados no programa Microsoft Office Excel 2003 para análise. Do total de pacientes estudados, 45% foram estabelecidos como de "maior adesão" e 55% como de "menor adesão". Observou-se predomínio de: sexo feminino (68%), faixa etária entre 61 e 75 anos de idade (60%), baixo grau de escolaridade (76%), casados (51%), de cor parda (54%), aposentados (72%) e com renda de um salário mínimo (76%). Quanto à não adesão ao tratamento, infere-se como possíveis causas as variáveis "classificação da pressão arterial com tratamento", "quantidade utilizada de medicamentos para hipertensão arterial sistêmica", "efeito colateral do(s) remédio(s)" e "associação com outras doenças". Estratégias vêm sendo identificadas para minimizar o baixo grau de adesão, porém de forma isolada e unidimensional. Uma abordagem multifocal e multiprofissional é fundamental para o sucesso terapêutico desses pacientes.

Palavras-chave: Hipertensão; Estudos Transversais; Avaliação de Medicamentos; Adesão à Medicação; Serviços Preventivos de Saúde

Título: Intervenção farmacêutica em prescrições de antimicrobianos na unidade de pronto atendimento 24 horas de Icoaraci, Belém, Pará

RESUMO

Introdução: Sabe-se, que erros de prescrição evitáveis, um tema relevante para a saúde pública, podem ser prevenidos por intervenções farmacêuticas em utentes hospitalizados. Objetivo: estudar o efeito da intervenção farmacêutica por meio da revisão de utilização de medicamentos e conciliação de medicamentos sobre potenciais interações de medicamentos antimicrobianos prescritos na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Icoaraci, Belém, Pará. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, exploratório, prospectivo,(14) aplicado a utentes adultos, de ambos os gêneros e recrutados por amostragem de conveniência, sendo realizado entre agosto a dezembro de 2017. Resultados: Foram analisadas 59 prescrições dos 46 utentes estudados, sendo identificadas 5 (Média = 0,11) potenciais interações de medicamentos. Quando comparadas com o controle; observou-se que são significativamente diferentes (Teste t de Stundent [IC = 0,05]), evidenciando que o fato de o utente ter recebido intervenção farmacêutica por meio da revisão da utilização de medicamentos e conciliação de medicamentos proporcionou redução do risco de interação de medicamentos. Conclusão: Infere-se que a intervenção farmacêutica em prescrições de utentes em uso de antimicrobianos na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas de Icoaraci, Belém, Pará, mostrou-se efetiva quanto a redução de interações entre medicamentos.

Palavras-chave: Saúde Pública. Unidade de Tratamento Intensivo. Antimicrobianos. Intervenção Farmacêutica. Segurança do Paciente.

Título: Perfil de prescrição e de utilização de medicamentos na atenção primária à saúde em Piraí (RJ)

RESUMO

Introdução: Estudos de Utilização de Medicamentos compreendem a comercialização, distribuição, prescrição, dispensação e uso dos medicamentos em uma sociedade, com enfoque especial em suas consequências médico-sanitárias, sociais e econômicas. Objetivo: Este trabalho foi desenvolvido no contexto do Programa de Educação pelo Trabalho em Saúde do Ministério da Saúde, visando fortalecer o processo de aprendizagem sobre a Assistência Farmacêutica na Atenção Primária à Saúde. Metódos: Investigou-se o perfil da prescrição e da utilização de medicamentos na população urbana e rural atendidas pela Estratégia Saúde da Família no município de Piraí (RJ). Trata-se de um estudo de corte-transversal por meio de inquérito domiciliar tendo como recorte temporal o período de agosto de 2010 a julho de 2011. Resultados: Tem-se como resultado a prevalência da prescrição e da utilização de medicamentos atendidas pela Estratégia Saúde da Família aplicados em 647 domicílios, perfazendo um total de 1.805 entrevistas. Conclusão: Conclui-se que a prescrição e utilização de medicamentos não atende aos princípios da racionalidade do uso de medicamentos.

Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde. Atenção Farmacêutica. Estudos de Utilização de Medicamentos. Farmacoepidemiologia.

Título: Perfil de utilização de medicamentos e substâncias psicoativas por alunos do ensino médio da escola de aplicação da UFPA

RESUMO

Introdução: A adolescência é uma fase de desenvolvimento a qual tende a ocorrer os primeiros contatos com o uso de medicamentos psicoativos, bebidas alcoólicas e outras drogas. Objetivo: O objetivo desta investigação foi conhecer o perfil de utilização de medicamentos e de substâncias psicoativas em adolescentes do ensino médio matriculados na Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório, prospectivo, qualitativo e quantitativo, do tipo corte-transverso, tendo como recorte temporal o período entre janeiro a junho de 2017. Resultado: Foram investigados 272 adolescentes, com idade média de 14 e 18 anos e renda familiar em torno de 1 a 3 salários mínimos, com consumo de pelo menos um medicamento nos últimos 30 dias; predominante uso de analgésicos e anti-inflamatórios não esteroidáis. Prevalência do consumo de álcool, tabaco, maconha, opiáceos, tranquilizantes para o gênero masculino e de álcool, opiáceos, tabaco, maconha, tranquilizantes para o gênero feminino. Observou-se uma prevalência global para o consumo de álcool associado ao consumo de outras drogas psicotrópicas. Conclusão: O uso de substâncias psicoativas por adolescentes, um problema de saúde pública, requer atenção urgente, não apenas pelos efeitos diretos sobre estes, mas pelos diversos danos que gera na qualidade de vida das famílias, da comunidade e das demais pessoas envolvidas. Infere-se, assim, ser importante empoderar educadores sobre os riscos de consumo de medicamentos e de substâncias psicoativas na adolescência.

Palavras-chave: Adolescência. Uso de Medicamentos. Psicotrópicos. Drogas Ilícitas.

Título: Perfil farmacoeconômico do tratamento da fibrose pulmonar idiopática demandado por idosos no estado do Pará

RESUMO

Objetivo: O objetivo deste estudo foi realizar o levantamento de custo dos medicamentos antifibróticos para o tratamento da fibrose pulmonar idiopática no estado do Pará. Métodos: Trata-se de uma pesquisa documental do tipo descritiva, retrospectiva e quantitativa, referente às tecnologias pirfenidona e nintedanibe, demandadas entre os meses de junho de 2016 a junho de 2019. Para a obtenção dos dados, acessaram-se os relatórios de dispensação por paciente, notas fiscais relacionadas à aquisição dos medicamentos, além de planilha Excel de cadastro e acompanhamento de processos dos anos correspondentes, disponibilizados pela Secretaria de Estado de Saúde. Resultados: Foram atendidos 81 processos destinados à aquisição dos medicamentos (2 em 2016, 13 em 2017, 31 em 2018 e 35 em 2019); dos quais 29 solicitando nintedanibe e 52, pirfenidona. Quanto aos gastos, identificou-se que, em 2016, se pagou R$ 38.673,32 para a aquisição nintedanibe. Em 2017, foi R$ 158.881,27 para a aquisição de pirfenidona e R$ 322.277,67 para o atendimento de nintedanibe. Para 2018, percebeu-se o aumento impactante de pirfenidona (R$ 627.959,33), se comparada aos anos anteriores, enquanto o nintedanibe totalizou R$ 670.337,55. Já para o primeiro semestre de 2019 foram investidos R$ 620.393,55 para a pirfenidona e R$ 464.079,84 para nintedanibe. Conclusões: Identificou-se que a demanda de tecnologias em saúde destinadas aos portadores de fibrose pulmonar idiopática no Pará segue em constante crescente, por ser uma tecnologia inovadora que ainda não está incorporada no Sistema Único de Saúde, fazendo-se necessários critérios que regulamentem a sustentabilidade do acesso ao tratamento dessa doença rara.

Palavras-chave: fibrose pulmonar idiopática, doença rara, assistência farmacêutica, farmacoeconomia

Título: Perfil social de usuários e do serviço de farmácia do centro de atenção especializada do idoso em Belém, Pará

RESUMO

Introdução: Este artigo trata de indicadores relacionados a determinantes sociais, equidade, política de saúde da pessoa idosa, perfil de prescrições e do atendimento farmacêutico, critérios de Beers-Fick, interações de medicamentos e grau de conhecimento e satisfação de utentes, possibilitando inferir um juízo ágil e baseado em critérios técnicos. Objetivo: Investigar o perfil social de usuários e do serviço de farmácia do Centro de Atenção Especializada do Idoso em Belém, Pará. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, exploratório, retrospectivo, qualitativo/quantitativo, utilizando-se de amostra por conveniência de 100 idosos (≥ 65 anos) de ambos os sexos. Resultados: 36% possuem cadastro na Estratégia Saúde da Família. 50,0% relataram ter assistência social. 53% relataram consumir cinco ou mais porções diárias de alimentos, incluindo frutas, legumes e verduras. 0,0% relatou ingerir altas doses de álcool. 2% relataram ser fumantes. 45% relataram ser fisicamente inativos. 97,0% relataram residir em domicílios adequados. 57% relataram ter amigos na vizinhança e participar de grupos da igreja. 13,0% relataram não ter limitações. 0,0% não relatou violência e internação de idosos por maus-tratos. 13,8% dos medicamentos padronizados se enquadram nos Critérios de Beers-Fick. 16% das prescrições apresentaram potenciais interações de medicamentos classificadas como sérias. Os achados quanto ao perfil de dispensação de medicamentos permitem inferir que a estratégia do cuidado farmacêutico ainda não foi implantado. 98% auto-referiram se sentir respeitado, 99% se senti bem e 97% gostam de frequentar o Centro de Atenção Especializado ao Idoso. Conclusão: Os achados relacionados a indicadores de determinantes sociais, equidade e política de saúde da pessoa idosa permitem inferir que os usuários do Centro de Atenção Especializado ao Idoso seguem o perfil nacional. Os indicadores de perfil de prescrições, critérios de Beers-Fick, interações de medicamentos, dispensação farmacêutica permitem inferir a necessidade do aprimoramento do serviço farmacêutico. Por fim, quanto ao conhecimento dos utentes sobre a sua farmacoterapia e sua satisfação com o atendimento foram elevados.

Palavras-chave: Políticas Públicas. Política do Idoso. Saúde do Idoso. Assistência Farmacêutica. Serviço Farmacêutico.

Título: PET-Saúde/Saúde da Família e integração ensino-serviço-comunidade em Piraí (RJ): relato de experiência

RESUMO

O Ministério da Saúde vem implementando estratégias para ampliar os processos de mudança dos modelos de formação e reorientação das práticas de cuidados com a finalidade de ressignificar a atenção à saúde. Este estudo é um relato de experiência fundamentado na pesquisa-ação, inerente às ações, atividades e tarefas no contexto do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) no município de Piraí, no Estado do Rio de Janeiro, realizado de agosto de 2010 a julho de 2011. Tem-se como resultado a integração ensino-serviço-comunidade no campo da assistência farmacêutica. Infere-se que o Pet-Saúde é uma estratégia que amplia o reconhecimento da importância do Sistema Único de Saúde (SUS) para discentes, preceptores e tutores.

Palavras-chave: Educação para a saúde. Políticas públicas. Assistência à saúde. Comunidade.

Título: Profile of Medical Prescriptions and Potential Risks to the Safety of Cancer Patients in the Chemotherapy Sector of Ophir Loyola Hospital. Belém, Pará

ABSTRACT

The schedule and therapeutic cycle for the treatment of malignancies involves the simultaneous use of distinct drugs, including antineoplastics and adjuvants, depending on the tumor to be treated, varying according to the treatment protocol. Studies demonstrate the problem of the high potential severity associated with prescriptions errors. This work aimed to know the profile of medical prescriptions in the chemotherapy sector of Ophir Loyola Hospital, aiming to identify potential problems related to the user safety. This is an exploratory, descriptive, quantitative and qualitative retrospective cross-sectional study, with a temporal cut from January to March 2017, through data collection in prescriptions and prospective participatory observation in the dispensation and administration in the period from April to June 2017. A total of 1,034 prescriptions were analyzed with 2,068 prescribed medications, where the mean error was 7.67 per prescription, of which: 90 (8.70%) did not inform the diluent to be used; 154 (14.89%) did not report the volume of the diluent and did not contain the infusion time; 234 (22.63%) did not inform the therapeutic scheme that would be used by the user; 247 (23.89%) did not indicate the number of the administration cycle; 374 (36.17%) did not indicate the interval between these cycles. No dispensing and administration errors were found. It can be inferred that there are shortcomings in the elaboration of the prescription, being necessary interventions that improve them, aiming to improve the quality of the service provided, as well as, to provide the user safety.

keywords: Public Health. Medical Oncology. Pharmacy Service, Hospital. Drug Prescriptions. Patient Safety.

Título: Simulação realística como mediadora do processo ensino-aprendizagem na graduação em Farmácia: revisão sistemática

RESUMO

Objetivo: sintetizar evidências sobre o uso da simulação realística como mediadora do processo ensino-aprendizagem na formação de farmacêuticos. Métodos: Revisão sistemática e síntese narrativa. Resultados: Os achados evidenciam que o uso da simulação realística como mediadora do processo ensino-aprendizagem no âmbito da educação de profissionais farmacêuticos proporciona benefícios ao desempenho acadêmico, aperfeiçoando o processo ensino-aprendizagem, tornando-o facilitado, contribuindo para o desenvolvimento de competências e habilidades na prática farmacêutica. Conclusão: Há evidências de que o uso da simulação realística proporciona a melhoria na satisfação, desempenho e segurança com o processo ensino-aprendizagem; assim como, em termos de competências e habilidades, a melhoria da gestão técnica da assistência farmacêutica, da gestão clínica do medicamento, da prática do cuidado farmacêutico, da resolução de problemas relacionados com medicamentos e da empatia pelos pacientes enquanto relações interpessoais.

Palavras-chave: Ensino. Educação farmacêutica; Plataformas de ensino; Simulação realística; Cuidado farmacêutico.

Título: Tendências de prescrição de antimicrobianos em idosos hospitalizados em um hospital universitário

RESUMO

Este estudo teve como objetivo identificar tendências na prescrição de antimicrobianos em idosos hospitalizados em um hospital universitário no Estado do Pará. Estudo observacional e transversal que avaliou e analisou prontuários em relação a características do paciente, diagnóstico e tratamento, sendo tendências de prescrição identificadas por análise de frequência. Foram avaliados 299 prontuários, sendo observada uma predominância de idosos jovens (80%), do sexo feminino (56,5%), que tiveram como principal causa de internação infecções do trato respiratório. O tratamento foi predominantemente empírico, predominando a utilização de cefalosporinas de 3ª geração, macrolídeos e quinolonas. Quando relacionada a patologia ao medicamento predominou a utilização de cefalosporinas para o tratamento de infecções do trato respiratório e complicações da diabetes mellitus tipo II. Identificou-se a necessidade de desenvolvimento de protocolos clínicos na instituição para padronização do tratamento e estímulo ao uso racional de antimicrobianos com o objetivo de garantir a segurança do paciente.

Palavras-chave: Anti-infecciosos; Idoso; Prescrição de Medicamentos.

Título: Utilização de medicamentos por discentes que utilizam o serviço de assistência psicossocial do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará

RESUMO

Introdução: A saúde mental pode incluir a capacidade de um indivíduo de apreciar a vida e procurar um equilíbrio entre as atividades e os esforços para atingir a resiliência psicológica. Admite-se, entretanto, que o conceito de Saúde Mental é mais amplo que a ausência de transtornos mentais. Objetivos: Conhecer o perfil de utilização de medicamentos em discentes utentes do Serviço de Assistência Psicossocial do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará. Métodos: Estudo transversal, prospectivo, feito por amostragem de conveniência e consecutiva, realizado entre janeiro e junho de 2017, utilizando-se de estratégias aplicadas ao cuidado farmacêutico. Resultados e discussão: Os discentes são predominantemente pardos e morenos, idade média de 24 anos, renda familiar de até 3 salários mínimos e de amplo espectro quanto ao extrato social. Significativo grau de conhecimento de utentes sobre seu tratamento farmacológico e dos medicamentos prescritos. Houve necessidade de intervenção farmacêutica quanto a revisão de estratégias farmacoterapêuticas prescritas e de conciliação de medicamentos. Regular adesão ao tratamento farmacológico. Regular satisfação dos utentes com sua qualidade de vida. Conclusões: Infere-se que utentes com diagnóstico de depressão atendidos no Serviço de Assistência Psicossocial do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Pará apresentam um perfil regular quanto a qualidade da prescrição e o uso de medicamentos; assim como quanto a sua percepção de qualidade de vida.

Palavras-chave: Psiquiatria, Depressão, Assistência Farmacêutica, Cuidado Farmacêutico. Medicamento.

Título: Vigilância Sanitária: Perfil dos Estabelecimentos Farmacêuticos Públicos, Privados e Filantrópicos em Piraí, RJ

RESUMO

Vigilância sanitária é um conjunto de ações capazes de prevenir, diminuir e eliminar riscos à saúde. Deve cooperar para que as estruturas físicas existentes e a organização dos serviços farmacêuticos disponibilizados pelas farmácias atendam ao preconizado pelo arcabouço legal vigente, intervindo nos problemas decorrentes do meio ambiente, da produção, de circulação de bens e de prestação de serviços, a fim de proteger e promover a saúde. Fundamentados na legislação vigente foi realizado o diagnóstico situacional dos serviços farmacêuticos do município de Piraí, RJ. A pesquisa-ação foi o método utilizado por meio da investigação in loco realizada entre setembro e novembro de 2010, aplicando um roteiro de inspeção sanitária em dispensários, farmácias comunitárias e farmácia hospitalar. Os resultados proporcionaram verificar se havia ou não uma adequação dos dispensários, farmácias comunitárias e farmácia hospitalar frente aos marcos legais e as regulamentações. Observou-se que tanto a estrutura física, quanto o processo de trabalho não atendem ao preconizado pelo arcabouço legal. Por fim, infere-se que há carências quanto às competências técnicas e legais relacionadas aos medicamentos e a assistência farmacêutica.

Palavras-chave:
Vigilância Sanitária. Inspeção Sanitária. Assistência Farmacêutica.

Título: COBAIAS PROFISSIONAIS: As grandes empresas farmacêuticas no mundo e os riscos para os seres humanos [cobaias pagas]